Saiba como trabalhar de segurança na CPTM

Atualmente, a CPTM é uma das empresas que mais contratam em São Paulo (SP). Curiosamente, ela tem um pagamento para o segurança que fica acima da média nacional e isso atrai muitos candidatos. No entanto, ela mudou a forma de contratar essas pessoas. 

O resultado disso é que há muita novidade a ser explorada aqui sobre esse cargo de segurança nessa Companhia. Fomos atrás de todas as informações, de modo atualizado. 

ANÚNCIO
Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

Por isso, nesse artigo, você vai descobrir pontos como:

  • O salário do segurança na CPTM;
  • O que é a CPTM;
  • Como é o concurso público da CPTM;
  • Como trabalhar na CPTM;
  • Os novos concursos da CPTM;
  • Como começar a estudar.

O bom salário do segurança na CPTM

A média salarial nacional para um agente de segurança é de R$ 2.649 mensais aqui no Brasil. No entanto, há algo aqui que você precisa saber. Conforme os sites de vagas de emprego da internet, como o Glassdoor, o salário pago na CPTM é 40% maior.

Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque a CPTM informa que o salário pago ao profissional, agente de segurança, é de R$ 4.502. E a gente começou com esse tópico justamente para explicar porque essas vagas são tão procuradas e disputadas quando são abertas. 

ANÚNCIO

A partir de agora, que você conhece o salário, o ótimo salário, pago pela CPTM é hora de sabermos mais sobre a empresa, o cargo, a forma de seleção, como se inscrever, os requisitos e tudo mais. Vamos lá!

O que é a CPTM

CPTM é a sigla para Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Essa é uma sociedade de economia mista que opera o transporte ferroviário em São Paulo. Ela está ligada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo.

A empresa foi criada em 1992 a partir de ferrovias já existentes na região metropolitana da cidade. Hoje, são 94 estações ativas e isso dá mais do que 270 quilômetros de linha ferroviária. 

Atualmente, a CPTM tem um total de 7.786 colaboradores, sendo que 99% são brasileiros. Mas, no quadro de funcionários há também portugueses, chilenos, chineses, espanhóis, italianos, japoneses e russos.

O que faz o vigilante na CPTM

A companhia já foi perguntada sobre isso várias vezes. E afirmou que delitos são assuntos de policiais militares. Assim sendo, crimes, furtos, roubos, assédio sexual e venda de bilhete ilegal devem ser problemas resolvidos pela polícia e não pelos vigilantes da CPTM.

Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

Por outro lado, o combate ao comércio ilegal por vendedores ambulantes é atribuição da CPTM, que pode pedir apoio da polícia militar em casos mais urgentes. Isso porque em 6 linhas que compõe o sistema todo passam mais de 5,3 milhões de pessoas no mês. 

Ou seja, de um modo geral, o vigilante da CPTM poderá atuar como um agente de segurança pública, onde ele vai ajudar na prevenção, no controle e até mesmo na segurança das pessoas e do patrimônio do lugar. A ideia é fazer com que o local funcione de modo passivo.

Como é o concurso público da CPTM

Aqui a gente precisa fazer uma reflexão muito importante. A partir desse tópico, muita coisa vai mudar na sua vida porque pode ser que você ainda não tenha essa informação. Hoje em dia, há sim concursos da CPTM. No entanto, para vigilantes ou seguranças, não.

Como assim? A gente explica: a CPTM optou por terceirizar esse serviço. Desse modo, a Companhia abre licitações para contratar empresas que prestam o serviço da vigilância e da segurança. Ou seja, o vigilante da CPTM é terceirizado e não contratado diretamente. 

E a gente explica ainda mais. Em março de 2020, a CPTM afirmou que definiu a empresa de prestação de serviços para a área de vigilância e segurança patrimonial nas instalações e nos trens das linhas 7-Rubi e 10-Turquesa: a Gocil Serviços de Vigilância e Segurança Ltda. 

Projeto de Lei quer regulamentar carreira de agente de segurança

Se você chegou até essa parte do texto, ótimo. Vamos lá. Você viu que para ser um vigilante da CPTM somente sendo terceirizado ou policial militar, isso vamos falar melhor daqui a pouco, já que não concursos públicos da Companhia para esse cargo.

Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, a notícia é de que está na Assembleia Legislativa de São Paulo um projeto de lei que prevê a regulamentação da carreira de agente de segurança pública ferroviária da CPTM. A ideia é criar um quadro de cargos e salários para concursos públicos para essa função.

Ele foi aprovado em 2021 pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, mesmo que tenha sido criado em 2016. O que quer dizer que no futuro pode haver sim um concurso público para agente de segurança da CPTM.

Como funciona a contratação de agentes da PM

Aqui entra outro detalhe. Ao mesmo tempo em que a licitação de vigilância foi aprovada, a CPTM também anunciou a contratação de policiais militares fardados em dias de folga do emprego público para atuar nas estações e nos trens. O acordo foi feito e os policiais poderão atuar em delitos, como crimes de furtos, roubos, assédios, etc. 

Mas para trabalhar na polícia militar, você sabe: é preciso passar no concurso público da PM, que envolve a abertura de editais e muito mais. Dessa forma, você só pode trabalhar como segurança na CPTM se for terceirizado ou um policial militar. 

Como estão os concursos da CPTM 

A última notícia que se tem é a de que o último concurso público feito pela Companhia, que foi em 2018, foi prorrogado por mais dois anos, chegando agora em 2022. Dessa forma, o certame fica válido até junho de 2022, o que indica que até lá não haverá novo concurso público.

Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

Na ocasião foram abertas várias vagas, como de operador de circulação (maquinista), agente de conservação de via, agente de manutenção, agente de serviços de operações, técnico de manutenção e oficial de manutenção. 

Em 2012, a CPTM também fez um concurso e com vagas para analistas de projetos, analistas econômicos, de patrimônio, de materiais, de planejamento, médico do trabalho, assistentes de secretaria, operador de máquinas, pedreiro, pintor e soldador. 

O que saber sobre o concurso da CPTM

Conforme os últimos editais, considere que a seleção foi feita através de uma prova de conhecimentos gerais, que envolveu 100 pontos e 50 questões de múltipla escolha. A regra era a de que o candidato teria que ter ao menos 50 pontos na pontuação geral.

E também era preciso ter ao menos 50% de acerto em cada matéria, sendo língua portuguesa, matemática, conhecimento especifico. Além da prova de conhecimentos gerais, que era teórica e classificatória, houve ainda prova prática para alguns cargos.

E todos passaram pela avaliação de perfil profissional além de avaliação médica. Essas duas últimas etapas foram em caráter de eliminação e não de classificação. 

Novos concursos para agentes de segurança

Conforme o projeto de lei que mencionamos acima, saiba que ele prevê requisitos para esse cargo que será lançado no edital futuro. Assim, é preciso ter ensino médio completo, carteira nacional de habilitação na categoria B, pelo menos 21 anos e 1,65 metro de altura.

Saiba como trabalhar de segurança na CPTM
Foto: (reprodução/internet)

Os agentes de segurança da CPTM serão os responsáveis por exercer o poder da polícia no âmbito ferroviário. Portanto, poderão portar armas de fogo. A média salarial, no entanto, ficará abaixo do que falamos acima, com base no projeto de lei, sendo R$ 2.532,04.

No entanto, os valores devem subir, gradativamente, conforme as progressões da carreira. O projeto ainda diz que é preciso que se tenha ao menos 1 agente de segurança ferroviária para cada 1000 usuários que são transportados. 

Como estudar para os novos concursos da CPTM

Esse ponto final do artigo não é fácil de ser respondido, mas vamos lá. Considere que como não tivemos concursos na CPTM para segurança ou vigilante em 2017 e 2018 fica difícil estudar por eles. Mas, dá para fazer isso para se ter uma ideia de como são as provas.

Então, a primeira dica é sobre você ler o edital antigo, fazer as provas antigas e até mesmo se preparar através de temas que, com certeza, serão cobrados nos próximos concursos, que é o caso de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico.

Há uma página, no próprio site da CPTM, que indica esses documentos, sendo de 2017 e 2018. Lá, você consegue ver concursos para vários cargos, desde aluno aprendiz até operador de circulação. Acesse quando quiser.

Estudando para o cargo de agente de segurança

Outra boa dica é sobre você estudar de forma mais específica para o cargo. Na internet, você encontra diversos concursos antigos, simulados e questões que são focadas nesse tipo de trabalho. Assim, você pode treinar e estudar por meio de tais arquivos, que são gratuitos.

Por exemplo, pode procurar por sites especializados que citam questões sobre a vaga de vigilante e lá tem provas antigas do IMA, da Funcab, do Instituto IPRO, da UPA e muito mais. E já em outras páginas, você encontra até mesmo outros concursos públicos abertos atualmente para o cargo de segurança pública. E dá para filtrar por estado, se você quiser. 

ANÚNCIO