Fazer um intercâmbio é importante para a carreira?

Além de ser um complemento para o currículo de um profissional, fazer um intercâmbio pode ser crucial para disputar as melhores vagas de estágio ou emprego.


Fazer um intercâmbio tem se tornado cada vez mais um diferencial no currículo de um profissional que queira alavancar a carreira. Um intercâmbio pode ser a diferença entre conseguir ou não uma vaga de emprego ou estágio.

intercâmbio
Foto: (reprodução/internet)

Mas, além de ser excelente para o currículo, fazer um intercâmbio traz outros benefícios para a trajetória dentro do mercado de trabalho. Confira, a seguir, alguns deles e entenda por que fazer um intercâmbio é importante para a carreira!

5 benefícios em fazer um intercâmbio

Abaixo, listamos 5 benefícios que tornam fazer um intercâmbio importante para a carreira de uma pessoa. Confira:
– Currículo diferenciado;
– Desenvolvimento pessoal;
– Treinar uma segunda língua;
– Autonomia;
– Outras culturas.
A seguir, falaremos de cada um deles. Continue a leitura!

1. Currículo diferenciado

Ter no currículo um intercâmbio, como já citamos, é um diferencial na hora de realizar uma entrevista de emprego. Um curso realizado no exterior tem muito mais ‘peso’ em um currículo do que o mesmo curso realizado no Brasil.

ANÚNCIO

Isso porque as empresas e os profissionais que realizam as entrevistas sabem que fazer um intercâmbio traz muito mais conhecimento do que apenas o curso realizado.
Falaremos mais sobre isso nos próximos tópicos.

2. Desenvolvimento pessoal

Descobrir mais sobre si é um dos diferenciais que um intercâmbio traz para a vida da pessoa.

Lidar com problemas diferentes, culturas diferentes, necessidades diferentes, entre outras coisas, aumenta o repertório da profissional, tornando-o mais tolerante às adversidades e culturas diferentes. Em um país de variadas etnias como o Brasil, esse é um grande diferencial.

3. Treinar uma segunda língua

Esse é um ponto importante para o currículo do profissional.
Ter um curso avançado em outra língua (normalmente, o inglês) é um excelente diferencial na hora da seleção de um currículo.

Mas viajar para outro país e ter a necessidade de utilizar essa segunda língua diariamente enriquece muito mais o currículo da pessoa. Precisando utilizar a segunda língua com frequência é possível descobrir as “nuances” e pegar o hábito de falá-la.

Por exemplo, se você é contratado por uma empresa multinacional, onde precisará falar em outras línguas com outras pessoas, esse é um diferencial muito importante.

4. Autonomia

Estar em um outro país faz com que você também esteja sozinho, sem outras pessoas para resolver os seus “problemas”.

Em um intercâmbio, não tem a sua família, amigos ou conhecidos para te ajudar a resolver seus problemas. Talvez, não tenha nem mesmo uma pessoa que fale a mesma língua materna que você.

Isso faz com que a pessoa desenvolva a sua autonomia perante as dificuldades, o que é muito valorizado pelas empresas. Ter um problema e conseguir resolver sem a necessidade de terceiros é algo que as empresas buscam em qualquer candidato à vaga.

5. Outras culturas

Ir para um país diferente também abre as portas para outras culturas, e isso permite conhecer essas culturas mais a fundo e entendê-las.

Dentro da sua profissão, você encontrará pessoas de diferentes etnias, religiões e culturas. Morar fora do país faz com que você vivencie de perto essas diferenças culturais.

Isso permite que você entenda melhor os pensamentos de outras pessoas e, também, permite se adaptar e ter mais “jogo de cintura” nas adversidades.

ANÚNCIO