Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?

Você já ouviu falar do cargo de guarda florestal? O que pouca gente sabe é que na maioria das vezes não é preciso ter cursos de graduação, pós-graduação ou tecnólogos para conseguir a vaga. Mas, gostar de estar em meio a natureza é essencial.

A partir disso, leve em conta que as funções podem variar. E, nesses casos sim, se você vai exercer um cargo que demanda mais conhecimento técnico, então, cursos podem ser indicados. A boa notícia é que nesses cargos os salários são mais altos. Veja tudo!

ANÚNCIO
Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

O que faz um guarda florestal

Vamos começar com as primeiras informações porque apesar de ser um nome bem conhecido, nem todo mundo parou e pensou no que é esse tipo de trabalho, não é? O guarda florestal pode ser responsável por várias áreas de atuação.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

No geralmente, ele tem que ter habilidades como as que estão ligadas a preservação da flora e da fauna local, além do estudo da biodiversidade da região, da visitação em parques, do combate a incêndios florestais e muito mais. Isso varia conforme a área de atuação.

Uma das vantagens que os profissionais citam é o fato de estar o tempo todo em contato com a natureza, contribuindo para a preservação do planeta. De outro lado, saiba que a reclamação mais comum é sobre trabalhar em finais de semana e feriado, por exemplo.

ANÚNCIO

Quanto ganha um guarda florestal

Se a gente for usar os dados do Ministério do Trabalho, um guarda florestal tem salário médio de R$ 2,2 mil no Brasil. E isso pode chegar a R$ 4,3 mil dependendo do nível de experiência. 

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, se a gente avaliar os últimos concursos públicos abertos, nós vamos ver que os salários podem ser bem maiores. A Universidade Federal do Paraná abriu vários editais entre 2014 e 2015 com salários que partiam dos R$ 3 mil, por exemplo.

As áreas de atuação do guarda florestal

Antes de a gente falar sobre como se tornar um profissional como esse, a gente vai comentar aqui, de forma breve, alguns campos de atuação que são possíveis para o guarda florestal. Afinal, após a formação, você poderá optar por aquela que tem mais afinidade.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Até mesmo porque não são muitas. Existem quatro áreas que costumam agradar muito os profissionais, sendo que algumas estão ligadas ao perfil da pessoa, como o fato de ser um bom comunicador ou ser mais voltado para a compreensão das leis. Veja só!

Prevenção

A área mais conhecida sem dúvidas é que a tem a ver com a prevenção e o combate a incêndios. Eles são chamados os profissionais da linha de frente e atuam, quase sempre, ao lado de bombeiros locais, com o foco de prevenir ou apagar incêndios.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

O que pouca gente sabe, porém, é que ao conter o fogo, eles também se tornam responsáveis por investigar as possíveis causas ou a fonte primária do que causou o fogo. E atualmente muito tem se investido no trabalho preventivo, para evitar que isso aconteça.

Resgate

A próxima área, que também está entre as mais conhecidas, é a de busca e resgate. Afinal de contas, não é só em filmes ou séries ou livros que as pessoas se perdem em florestas, viu. Até mesmo porque há parques estaduais e federais que são bem extensos aqui no Brasil.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

O resultado é que outra das tarefas do guarda florestal acaba sendo a busca por essas pessoas, que podem ser adultos ou crianças. É preciso planejar a busca, coordenar, fazer o atendimento dos primeiros socorros e muito mais. Por isso, é comum ter postos de controle para isso.

Jurídico

Tem também a área jurídica da profissão. Nesse caso, os guardas florestais se tornam responsáveis por aplicar as leis. Um bom exemplo é o combate a caça furtiva, o desmatamento ilegal e até mesmo o uso indevido de áreas de conservação.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Desse modo, os profissionais podem usar a lei para fazerem o seu trabalho, o que pode incluir multas ou mesmo prisões. 

Educação

E tem ainda a área da educação. Nesse caso, a pessoa tem o objetivo de manter as florestas saudáveis e os parques seguros para os visitantes através de informativos, palestras, reuniões, conselhos e outros métodos de comunicação.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Eles visam a conscientização do público e devem ter muito conhecimento sobre ecossistemas, geografia, ecologia e muito mais. Nesse caso, aliás, é preciso que se tenha uma boa dicção, comunicação, relacionamento e didática de ensino. Aliás, assim, eles atuam como guias.

Como se tornar um guarda florestal

Antes de tudo, a gente precisa considerar que no Brasil, os profissionais que atuam como guardas florestais são funcionários públicos e trabalham, veemente, com a fiscalização geral das florestas e dos parques estaduais.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Assim, para se tornar um guarda florestal é preciso passar no concurso público. Mas, a boa notícia é que no mercado de trabalho atual faltam profissionais como esses, por isso, os concursos são abertos de forma um tanto quanto frequentes para o preenchimento das vagas.

Agora, a próxima questão é sobre estar preparado para as provas, já que nem sempre são fáceis. Também é indicado que se tenha uma ideia da região de atuação, da compreensão de ecossistemas, do conhecimento sobre leis e o meio-ambiente.

A formação do guarda florestal

E será que qualquer pessoa pode se candidatar a uma vaga de guarda florestal? Não. Na verdade, não é preciso ter o ensino superior completo para isso. Porém, ter a graduação aumenta as chances de ingresso nos melhores cargos oferecidos.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Vamos supor uma coisa: tem vagas que são para quem tem curso de engenheiro florestal. Nesse caso, os salários são bem maiores. Mas, na grande maioria dos concursos, basta ter o ensino médio e, nesses casos, a concorrência é bem maior.

Agora, para aumentar as chances de vencer os concorrentes, uma saída mais rápida pode ser a de buscar um curso técnico, o que também pode ajudar você a aprimorar o conhecimento na área de atuação do guarda florestal, com assuntos variados.

Vigia Florestal

A gente vai abrir uma parte final do texto para falar de vagas que são semelhantes de guarda florestal, a de vigia é uma delas. Nesse caso, no entanto, saiba que geralmente também estamos falando do mesmo profissional, só que ele atua para empresas privadas.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, nesse caso não é preciso passar no concurso público para conseguir a vaga. Por outro lado, é comum que se tenha processos seletivos com requisitos exigidos. No site do Trabalha Brasil, que é do Governo Federal, há algumas vagas de vigias florestais abertas.

Uma é para Uberlândia (MG), outra para Ouro Preto (MG) e tem também para Agudos (SP), entre oturas opções. A média de salário oferecido fica em R$ 1,3 mil mensais. Vamos citar a descrição de uma delas. Confira!

Vaga de vigia florestal em Ouro Preto (MG)

Nesse caso, o horário de trabalho considera 44 horas por semana, sendo a partir das 7 horas da manhã. A escala é feita em formato de 4 x 2, sendo que o profissional vai atuar como agente de um parque. É preciso ter habilitação na categoria B.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Entre as atividades, a empresa diz que será preciso atuar na conservação da Unidade de Conservação, por meio de vistorias diárias. Também irá auxiliar no controle de acesso e orientação ao público visitante e realizar caminhadas de longo percurso.

Eles não citam, porém, quais os requisitos. No entanto, devido as atividades, acredita-se que a exigência seja apenas do ensino médio. Nesse caso, o salário oferecido é de R$ 1,5 mil. Outras vagas exigem que os candidatos morem perto do local de trabalho.

Como se candidatar as vagas de vigia florestal

Como falamos agora pouco, diferente das vagas de guardas florestais, que são concursados públicos e atuam em parques e florestas públicas, no caso dos vigias ou vigilantes, eles podem ser contratados por meio de processos seletivos mais tradicionais.

Guarda Florestal – tem como se especializar nessa área?
Foto: (reprodução/internet)

Por isso, uma das formas de buscar as vagas não é passando pelos editais, mas encontrando elas em sites de vagas de emprego. As que citamos acima estão divulgadas no site do Trabalha Brasil, porém, há outras opções que costumam ofertar vagas variadas no país todo.

Um bom exemplo é o LinkedIn, que tem a grande vantagem de permitir um cadastro gratuito. Aliás, o bom do LInkedIn é que você poderá encontrar várias vagas semelhantes ao mesmo tempo, o que pode ser bom para aumentar o leque de oportunidades. Veja!

As vagas florestais no LinkedIn

A gente fez uma rápida pesquisa no LinkedIn para encontrar as vagas que estão ligadas a área florestal. E encontramos mais de 300 opções no país todo. Tem vagas de assistente de meio ambiente, de consultar florestal, trainee, especialista, engenheiros, etc.

E isso vai da Bahia até Mato Grosso do Sul, passando por Minas Gerais, São Paulo e outros estados. O cadastro costuma ser simples, sendo que você pode enviar todos os seus dados profissionais para que o currículo tenha mais chance de ser selecionado entre tantos. Para saber mais, acesse o site do LinkedIn.

ANÚNCIO