7 dicas para ajustar as finanças durante a pandemia

A quarentena pegou muitas pessoas de surpresa, principalmente aquelas que não faziam um planejamento financeiro. Pensando nessa questão, decidimos elencar aqui algumas dicas de economia para que você possa ajustar as suas finanças, mesmo diante desse cenário tão difícil da pandemia.

De uma maneira geral, muitas pessoas estão até economizando nessa fase. Essa característica está presente em casos onde se saia muito para cinemas, shows, espetáculos. Daí vinham os gastos com roupas novas, calçados, alimentação, bebidas e outras coisas. Com o isolamento social, tudo isso não está mais na lista de gastos, certo?

No entanto, o que tira o sono de qualquer pessoa, seja ela voltada para os eventos ou não, são os boletos. Desses ninguém escapa, não é mesmo? Fique tranquilo, hoje vamos falar sobre algumas atitudes simples do dia a dia que podem fazer toda a diferença nos dias de isolamento social.

dicas para ajustar as finanças
Foto: (reprodução/internet)

Conheça 7 dicas que irão te ajudar a ajustar a sua vida financeira mesmo na quarentena. São atitudes que podem fazer toda a diferença na suas finanças daqui para frente.

1. Comece a fazer um planejamento financeiro

Muitas pessoas dizem que isso dá muito trabalho e que não têm tempo para pensar em todos os gastos e contas para manter o controle financeiro. Então, com a quarentena, chegou a hora de fazer isso. Você não precisa recorrer a caderninhos ou planilhas como as pessoas faziam antigamente.

ANÚNCIO

Basta buscar um bom aplicativo que faça isso. Sabia que existem algumas opções gratuitas? Então, você poderá fazer isso de maneira prática e rápida e ainda poderá acessar os seus dados sempre que precisar na telinha do seu celular. Observe algumas sugestões.

Minhas Economias

Esse app é gratuito e está disponível para celulares Android e iOS. Com ele, você consegue gerenciar todas as suas contas e gastos mensais. Além disso, é possível cadastrar o pagamento de contas para não esquecer de nenhuma, fazer seu planejamento financeiro, ter acesso à planilha de gastos montada pelo próprio app e muito mais.

Organizze

Esse aplicativo é gratuito, mas possui algumas funcionalidades que são pagas. Com ele, você consegue planejar todo o seu orçamento evitando gastos supérfluos. Esta é uma opção que tem uma interface muito simples de ser utilizada e funciona mesmo no modo off-line, além de ser super seguro.

2. Não estoque comida

Muitas pessoas estão gastando um dinheiro a mais e às vezes até criando dívidas para comprar uma quantidade de suprimentos que não precisa. Além de estar gastando mais do que deveria, você ainda estará prejudicando outros que não podem tomar a mesma atitude e ficarão sem opção de alimentos na hora das compras.

3. Fique de olho no consumo de água e luz

Como a família está em casa, os gastos com água e luz tendem a aumentar consideravelmente. No entanto, existem algumas atitudes que podemos tomar para evitar esse gasto extra e aumentar as preocupações no final do mês. Vamos falar aqui sobre algumas atitudes básicas para a economia desses ítens:

Como economizar água?

  • Tome banhos mais curtos, estipule um prazo para que as crianças também não cometam exageros. No geral, 5 minutos já é suficiente;
  • Observe os vazamentos, afinal de contas, eles são os maiores responsáveis pelos aumentos repentinos nas contas de água;
  • Lave a roupa com menos frequência. Aproveite que não está saindo muito de casa e demore mais uns dias para lavar as roupas;
  • Procure evitar o uso da mangueira e recorra ao velho e querido balde.

Como economizar luz?

  • Os banhos demorados também aumentam a conta de luz, evite-os;
  • Sempre que não estiver utilizando um aparelho eletrônico desconecte-o da tomada;
  • Na hora de lavar as roupas, acumule o máximo de peças que puder para não precisar utilizar a máquina de lavar muitas vezes;
  • A mesma sugestão vale na hora de passar as roupas. Acumule o máximo de peças que puder e faça isso de uma só vez;
  • Estipule horários para que as crianças possam ficar na televisão ou computador. Tente criar algumas atividades em que os pequenos possam se distrair sem o uso da energia elétrica.

4. Aproveite os serviços gratuitos das TVs

O equilíbrio é tudo, não é mesmo? Você pode sim tirar um tempinho nessa quarentena para relaxar e assistir a um filme ou série que goste. Muitos canais da TV à cabo estão funcionando de maneira gratuita nessa quarentena para que as pessoas possam ficar mais à vontade em casa. Isso já é uma economia que você deve aproveitar.

5. Reveja planos de assinatura que não utiliza

Existem alguns gastos que, com o dia a dia, nós nem percebemos que não utilizamos. Quer um bom exemplo? Mensalidade da academia. Muitas pessoas antes da quarentena já pagavam o serviço e não utilizavam, não é mesmo? Em muitas cidades o funcionamento das academias está proibido. Reveja o seu plano de assinatura e veja se esse é um gasto necessário.

O mesmo exemplo serve para qualquer outro serviço que você não esteja utilizando nesse período. Entre em contato com as empresas e lute por uma negociação, caso deseje retomar quando a quarentena acabar. Lembre-se que esse é um excelente período para o planejamento.

6. Use os serviços de delivery com moderação

Sim, nós sabemos que nesse período em casa, dá muita vontade de comer coisas diferentes. Daí, começamos a comprar de apps como: iFood, Uber Eats, Rappi e outros. Procure utilizar esses serviços com menos frequência, afinal de contas uma comidinha caseira é sempre mais barata e nós estamos com bastante tempo para nos dedicarmos a ela, certo?

7. Aproveite esse período, para comprar menos roupas e calçados

Outra tentação, são os sites de roupas e calçados. Estamos o tempo todo na internet e as promoções não param de chegar. Como diria o Julius de Todo Mundo Odeia o Chris: “Se eu não comprar nada, o desconto é maior”. Já que não estamos saindo de casa, não há necessidade de comprar esses itens com tanta frequência, certo?

ANÚNCIO