Prós e contras de trabalhar como PJ

O Brasil é a terra do empreendedorismo. Muitos trabalhadores acabam optando por empreender e cuidar do próprio negócio, a fim de aumentar seus ganhos e se sentirem mais livres dentro do mercado.

Alguns desses trabalhadores são classificados como Pessoas Jurídicas (PJ) e contam com algumas especificidades únicas. Essa modalidade de trabalho conta com algumas vantagens interessantes para o empreendedor.

Porém, também existem alguns desafios a serem enfrentados quando falamos desse tipo de empreitada. É muito importante entender melhor os riscos que você corre ao investir nesse modelo de negócio, além de saber também das possíveis vantagens.

Prós e contras de trabalhar como PJ
Fonte: (Reprodução/internet)

Quer saber mais sobre os prós e contras de trabalhar como PJ? Fique aqui para conhecer melhor essas especificidades.

PJ como prestador de serviços

Está se tornando cada vez mais comum, no mundo empresarial, empresas contratarem PJ ao invés de trabalhadores registrados em CLT. Esse tipo de contratação se torna mais interessante para os negócios por diversos motivos.

ANÚNCIO

Se livrar de cargas tributárias mais altas é o principal fator que faz com essa modalidade cresça tanto no país, já que assim, empresas podem pagar menos impostos e contar com o mesmo serviço sendo realizado.

MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte são algumas das categorias que se encaixam como PJ. Caso tenha registro como qualquer uma dessas, você pode procurar prestar serviços para empresas maiores.

Vantagens

Trabalhar como PJ pode te trazer uma série de benefícios, principalmente quando falamos pelo aspecto financeiro. Confira agora algumas das principais vantagens em se trabalhar como PJ como prestador de serviços:

  • As empresas contratantes pagam menos tributos ao contratar um PJ, facilitando com que você consiga contratos de trabalho;
  • Pela baixa cobrança de tributos, sua remuneração se torna mais robusta do que a de contratados pelo regime CLT;
  • Você não precisa se prender a apenas uma empresa, flexibilizando sua prestação de serviços e aumentando sua capacidade de conseguir mais de um cliente ao mesmo tempo;
  • Ao se registrar como PJ, sua credibilidade pode aumentar e possibilitar chances maiores de se conseguir novos clientes;
  • É possível emitir notas fiscais;
  • Não é necessário “bater ponto”. Você pode entregar o seu serviço em horário flexível, desde que não deixe de entregá-lo.

Desvantagens

Apesar de contar com muitas vantagens, também existem alguns pontos que devem ser destacados quando decidimos prestar serviços dessa maneira. Confira agora algumas desvantagens de se trabalhar como PJ:

  • Não tem direito a alguns benefícios: férias, 13° salário e seguro-desemprego não são garantidos ao PJ;
  • Salário: apesar da remuneração ser melhor nessa modalidade, você pode acabar ficando sem em alguns meses, por não contar com serviços garantidos;
  • Incertezas: como seu contrato de trabalho não é regido pela CLT, você não contará com um salário fixo todo mês, o que pode te render alguns problemas.

Aposentadoria

Se você trabalha como PJ, com certeza já ficou em dúvida sobre a sua aposentadoria. Porém, pode ficar tranquilo, o INSS também é descontado de Pessoas Jurídicas.

Dessa maneira, o benefício da aposentadoria também é garantido, porém, é necessário ficar atento a alguns pontos. Como sua renda mensal é variável, nem sempre o INSS descontado é no mesmo valor.

Com isso, o valor recebido após se aposentar pode oscilar para menos do que o desejado. Apesar dessa questão, é possível se aposentar contribuindo dessa maneira ou por tempo de contribuição, assim como outros trabalhadores.

ANÚNCIO