Tudo que você precisa saber sobre como trabalhar como PJ

Você está desempregado ou precisa de uma renda extra para conquistar algum objetivo financeiro? Novas modalidades de trabalho surgiram e muitas preferem se tornar com elas trabalhadores independentes e construir a tão sonhada empresa.

A Pessoa Jurídica pode ser uma ou mais pessoas físicas, e precisa possuir um registro de CNPJ, este é a única maneira de formalizar um negócio e comprovar sua existência perante o governo, os clientes e os fornecedores. Se encaixa no perfil: empresas, ONGs, Partidos Políticos, Sociedades, Fundações e Igrejas. Logo, uma entidade reconhecida pelo estado.

Essa proposta parte da ideia de pessoas que desejam iniciar sua carreira empresarial e abrir seu próprio negócio, e para isso, preferem não se comprometer com as leis trabalhistas impostas à todos os funcionários que poderão ser contratados por ela, o objetivo é reduzir os custos com a contratação de empregados.

Tudo que você precisa saber sobre como trabalhar como PJ
Fonte: Reprodução/ Internet

Existe também a possibilidade de contratação de funcionários, e essa parte deve ser esclarecida e negociada de forma clara entre a empresa e o funcionário, para que haja um consenso positivo entre todos os envolvidos.

Conheça as Vantagens

Trabalhar como pessoa jurídica pode te proporcionar várias vantagens, você deixa de ser um funcionário e se torna um prestador de serviço, portanto não há um vínculo empregatício entre empregador e empregado, você se torna autônomo e responsável por si mesmo na prestação de serviço dentro da sua jornada de trabalho, podendo até optar por admitir certos benefícios.

ANÚNCIO

Além disso, a rotina de trabalho é mais flexível, então você pode montar seu próprio horário nos dias que você achar melhor, podendo se dedicar no seu tempo à sua maneira.

Os Riscos e a Aposentadoria

Quando se abre um novo negócio há riscos, os quais precisam ser tratados com cautela. A vulnerabilidade de um PJ pode ser mais explícita, os ganhos podem ser variáveis, em um mês você pode trabalhar todos os dias e em outro trabalhar gradativamente. Depende de como a sua empresa é acolhida pelos seus clientes e de como você gerencia seu desenvolvimento.

Quando você é um PJ de uma sociedade e é contratado por ela, não há aquela garantia de que no mês seguinte eles trabalharão com você, existe mensalmente uma renovação de contrato. E a aposentadoria é uma das questões mais sérias dessa modalidade também.

Em razão de que você não poderá contar com a Previdência Social e nem poderá se afastar se tiver algum problema de saúde, tudo precisará ser entrado em acordo com a empresa contratante. O ideal que se pode fazer é contratar uma Previdência Privada para uma segurança no futuro e garantir um dinheiro extra em caso de imprevistos.

Obtenha primeiro o seu CNPJ

O CNPJ, é o Cadastro Nacional para Pessoas Jurídicas, destinado para o controle e registro de empresas. Essa ideia de abrir um novo negócio, permitiu com que várias pessoas pudessem ampliar seus horizontes para uma nova possibilidade de trabalho e abrir mão de um serviço o qual não encontrava mais disposição para exercer.

Trabalhando como PJ você precisa abrir seu CNPJ primeiro, disponível no site do Portal do Empreendedor. Entretanto, pode se um pouco complicado você se cadastrar sozinho, é recomendável para esse processo o auxílio de um contador. O contador irá te informar sobre a inscrição municipal e te orientar sobre os tipos de empresa e regime tributário ideal para você.

O que você precisa saber sobre a metodologia da PJ

  • Após o registro do CNPJ, você consegue abrir uma conta corrente, e futuramente ter acesso a empréstimos e financiamentos, caso o seu negócio necessite.
  • É importante separar dados da sua pessoa física com o da sua pessoa jurídica. Isso permite uma melhor organização das suas finanças e das suas documentações com PJ.
  • O PJ precisa ter um contrato de trabalho formalizado com a empresa, caso não seja o proprietário dela. Fique atento com com os acordos e vantagens entre você e a companhia.
ANÚNCIO