Como ingressar na Marinha do Brasil em 2020

Ainda é o sonho de muitos jovens servir a pátria e poder fazer mais pelo Brasil com sua carreira. E a Marinha do Brasil é uma grande oportunidade para os que desejam ingressar nas forças armadas. Descubra como você pode fazer parte desse time e realize os processos seletivos para contribuir com a defesa do país. 

Existem dois caminhos para ingressar na Marinha, sendo estes: o tradicional alistamento militar e a opção de militar de carreira. E sempre há muitas dúvidas entre os jovens que estão chegando na idade para servir. Por isso, nós trouxemos este assunto, para que você fique por dentro de tudo e saiba qual a melhor forma para ser marinheiro em 2020

Durante todo o ano, surgem vagas para entrar nas Forças Armadas. Atualmente existem 1.680 vagas somente para a Marinha e 400 só para os concursos autorizados. Mas em todos eles, são feitos diversos processos seletivos e é importante que que você fique por dentro de todos eles. Por fim, confira todos os processos necessários e disponíveis para seleção.

marinha do brasil

Como é ser um marinheiro?

Antes de tudo, é bom que você saiba mais ou menos como funciona a rotina de alguém que está servindo na Marinha. E esse tópico é justamente para tirar um pouco da sua curiosidade sobre a carreira. 

ANÚNCIO

Por ser uma das mais tradicionais em todo o mundo, a instituição começou a ganhar força regular nos comércios litorais, após grandes portos surgirem no Brasil.  E foi legislada como uma atividade remunerada na Constituição em 1934 continuando até o dia de hoje. 

Atualmente a Marinha do Brasil faz parte das Forças Armadas do país, junto com a Aeronáutica e o Exército. Essas instituições fazem parte das políticas de segurança nacional.

Funções de um marinheiro

O profissional da Marinha, pode exercer diversas funções na área naval. Trabalhar com manutenção e serviços em embarcações é uma delas, ainda há possibilidades de operar estas. Por ser uma área ampla, há chances de se especializar em comércio, militares ou pesca. 

marinha mercante

O que não falta é serviço dentro das embarcações. Estes são campos de atuação que vão desde a saúde até a radiocomunicação. Só que existem algumas diferenças entre a Marinha Mercante e a Marinha Militar e nós vamos te explicar melhor.

  • Marinha Mercante – Exercem funções operacionais, técnicas de administração. Dividida em três ramos:

1 – Marinha de comércio – Atividades econômicas de transporte de passageiros e de carga; (aquaviários)

2 – Marinha de pesca – Atividade de pesca

3 – Marinha de recreio – Desporto náutico e às outras atividades recreativas. 

  • Marinha Militar – Voltados inteiramente, para proteção do país. Os oficiais podem atuar como Corpo de Intendentes, Fuzileiros, Engenharia Naval, Armada, dentre outras áreas. 

Como ser um Marinheiro em 2020

Há duas possibilidades de ingressar na Marinha do Brasil, em uma você tem chances profissionais com certificados e outra não há certificação. Vamos começar falando da formação através da Escola de Formação de Oficiais da Marinha.

Para atuar na área náutica, é necessário que haja uma formação específica em sua área de atuação e uma preparação adequada. É nessa hora que entra a EFOMM. Eles são responsáveis pela graduação de diversos profissionais. 

Já os que desejam ser marinheiros mercantes, não necessitam de certificado para atuar em ações que não exigem conhecimento de atividades marítimas. E as exigências para se tornar um marinheiro, são bem simples. 

Basta ter 18 anos de idade completos. No caso dos homens, o alistamento nas Forças Armadas pode ser uma porta de entrada para conseguir aprovação, e caso não aconteça existem concursos públicos da Marinha, leia o Edital e saiba mais informações. As vagas são ofertadas para Ensino Superior Completo ou Ensino Médio.

ANÚNCIO